Papa denuncia "ações concertadas" para restringir liberdade religiosa


Papa denuncia "ações concertadas" para restringir liberdade religiosa


Bento XVI denunciou as “ações concertadas” que nos dias de hoje procuram “redefinir e restringir” o exercício do direito à liberdade religiosa, numa mensagem enviada ao congresso anual dos Cavaleiros de Colombo, nos Estados Unidos da América.

O texto, divulgado hoje pela Rádio Vaticano, alerta para “a gravidade sem precedentes destas novas ameaças à liberdade da Igreja e ao testemunho moral público”.

O documento foi enviado através do cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano, e elogia a organização católica, que se vai reunir de terça a quinta-feira na Califórnia.

A mensagem destaca o papel dos Cavaleiros de Colombo na defesa dos “direitos de todos os crentes, como cidadãos individuais e nas instituições, para trabalhar responsavelmente na construção de uma sociedade democrática, inspirada nas suas crenças, valores e aspirações”.

Fonte: Agênica Ecclesia

Postagens mais visitadas deste blog

Adriano Lima dos Santos

Corpus Christi e Renovação do MESCE