domingo, 19 de fevereiro de 2017

Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Chã de Bebedouro - Maceió-AL)


Celebrando, neste domingo (19/02/2017), na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Chã de Bebedouro (Maceió-AL). O bairro chama-se Bebedouro, porque, no passado, quando os viajantes vinham a cavalo, paravam para dar de beber aos animais em um rio que corre nesta região. Conheci o irmão de Frei João Paulo (frade da nossa Província que estuda filosofia em Recife-PE), que é acólito desta comunidade e me ajudou no altar. Neste dia, quem fez a coleta das missa foram as crianças da primeira Eucaristia; estavam fardadas e bem alinhadas. Na frente da Igreja, tem uma imagem de padre Cícero, que me serviu como ponto de referência. 

Mateus, irmão de Frei João Paulo, acólito da comunidade


Lucas e Henrique, meninos da primeira Eucaristia, que fizeram a coleta na missa 






sábado, 18 de fevereiro de 2017

Igreja de Nossa Senhora das Dores (Vila Saem - Maceió-AL)


Celebrando pela primeira vez na Igreja de Nossa Senhora das Dores, Vila Saem. Neste dia, fiz 14 anos de ordenação. 
Maceió-AL, 18/02/2017





Encontro CRB


Participei, nesta manhã, do encontro da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) - núcleo Maceió-AL, no Colégio Madalena Sofia. O encontro foi assessorado por Frei Evandro, frade capuchinho, Doutor em Direito Canônico e Juiz do Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese de Maceió-AL. O tema apresentado foi vocação. 

Frei Evandro ministrando a palestra 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Corresponsabilidade Fraterna



O texto de Gênesis 4,1-11 narra a história de Caim e Abel. A primeira fraternidade bíblica. Infelizmente, teve um fim trágico. Gostaria de sublinhar dois versículos, onde Deus fala com Caim, dos quais podemos tirar grandes lições para a nossa vida em fraternidade.

No primeiro, Deus fala com Caim antes de matar Abel:

Então o Senhor perguntou a Caim: “Porque estás cheio de cólera e andas com o rosto abatido?” (v. 6).

Deus percebeu que Caim estava estranho, abatido, silencioso, isolado. O Senhor interroga-o na tentativa de que Caim desabafe. Mas este silencia. Talvez se Caim tivesse aberto seu coração e dito tudo o que estava dentro de si, tivesse falado dos pensamentos e sentimento que estavam o perturbando, o pior não teria acontecido.

Nunca guarde dentro de você pensamentos e sentimento ruins. Procure alguém de sua confiança para desabafar. Quando falamos pensamos melhor. Não enfrente sua dificuldade sozinho.
Se você perceber alguém um pouco estranho, isolado, triste. Aproxime-se e pergunte como essa pessoa está. Diga que está percebendo que ela está diferente e pergunte se ela está bem, se está precisando de ajuda. Atitudes assim podem evitar tragédias.

No segundo, Deus fala com Caim depois que ele matou seu irmão Abel:

E o Senhor perguntou a Caim: “Onde está o teu irmão Abel?” Ele respondeu: “Não sei. Acaso sou o guarda do meus irmão?” (v.9).

Perceberam a forma rude e irônica com que Caim responde a pergunta? Na verdade, ele é sim responsável pelo seu irmão, como também nós somos responsáveis uns pelos outros. Quando rezamos: “Pai nosso”, estamos dizendo que somos irmãos uns dos outros, pois temos o mesmo Pai. De modo que tudo o qual se refere ao outro, diz respeito também a nós. Se assumíssemos a nossa tarefa de cuidar uns dos outros o mundo seria muito melhor.

Frei Junior Capuchinho

Pregando retiro em Natal-RN


Pregarei retiro em Natal-RN no início de março para a Paróquia de Emaús. 
Inscrições abertas.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Louvor e Adoração - Capuchinhos (Maceió-AL)


Desde o segundo semestre de 2016, estou fazendo o acompanhamento do grupo da Renovação Carismática, aqui do convento, chamado "Deus da Alegria". Eles conduzem o louvor toda segunda-feira. Duas vezes por mês, no dia do louvor, também tem adoração. No início desse ano, em janeiro, antes de reiniciarem as atividades, preguei retiro para os coordenadores, ministérios e serviços do grupo. São pessoas batalhadoras, que lutam pela sua sobrevivência diária e dão parte de suas vidas para servir ao Senhor. Eles têm um profundo amor pela Igreja e um grande carinho e respeito pelos sacerdotes. 
Que o Espírito Santo os torne cada vez mais instrumentos eficazes nas mãos de Deus. 
Maceió-AL, 06/02/2017


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Envio de Thiago Nobre

Com Thiago, Pe.Márcio e seus pais 

Participei da missa de envio do nosso vocacionado, Thiago Nobre, na Paróquia de Nossa Senhora das Dores (Jacintinho - Maceió-AL), no dia 05/02/2017. Pe. Márcio, seu Pároco, fez o envio. Outros vocacionados do nosso convento se fizeram presentes. Ao término da missa, os acólitos fizeram uma confraternização surpresa, despedindo-se de seu coordenador.
Fiz o acompanhamento vocacional de Thiago no ano de 2016, até a sua aprovação para o seu ingresso à formação. Dia 12, ele estará ingressando no Postulado, primeiro ano formativo para aqueles que querem ser frades capuchinhos, em Natal-RN.
Perseverança ao nosso jovem.

Vocacionados: João, David e Lucas

  video
Despedida surpresa preparada pelo grupo de acólitos, do qual Thiago é coordenador