Fraternidade Pobreza e Doação - Catolé do Rocha - PB

Esse ano a Fraternidade Pobreza e Doação dos Franciscanos Seculares de Catolé do Rocha fará 98 anos.

História

Por volta de 1917, no dia 28 de outubro, vem a esta cidade de Catolé do Rocha, um Missionário Franciscano, Frei Martinho, e funda uma fraternidade de leigos, na época, “Irmãos da Penitência” ou “Terceira Ordem”. No período da fundação apenas 12 pessoas, que hoje se encontram na casa do Pai, receberam o hábito franciscano. Eram irmãs de caridade que perseveraram na fé e deram os primeiros exemplos de vida franciscana em nossa cidade. 10 anos depois, em 1927, a fraternidade contava apenas com 5 membros, mas, por força divina, persistiram no carisma, havendo nova formação com a entrega do hábito a mais 22 irmãos, e a fraternidade caminha sob os cuidados do Conselho Local que tinha como Ministra a senhora Jovelina Almeida Vieira; Vice Ministra e Secretária, Emília Pires Vieira e Tesoureira, Isabel Alves da Silva.
No entanto, após 1927 até final de 1977 não se encontram registros de atividades; o que consta em nossos arquivos data de 27 de dezembro de 1977, quando Frei Aquino (OFM) juntamente com a Irmã Anatália Martins da Fraternidade de Itaporanga/PB vêm a catolé do Rocha a reativam a Fraternidade. Após a reativação todas as atividades são registradas através de relatórios, atas e fotos.
Em 02 de março de 1997, Frei Fernando Cornélio consegue o registro de Fundação Jurídica, e desde então, a Fraternidade passa a se chamar “Pobreza e Doação”, antes era apenas Fraternidade Franciscana Secular de Catolé do Rocha. O nome “Pobreza e Doação” deu-se em homenagem a Irmã Dulce pelo seu exemplo de vida, caridade, pobreza e doação junto aos pobres.

Postagens mais visitadas deste blog

Adriano Lima dos Santos

Corpus Christi e Renovação do MESCE