Freiras em conflito com o Vaticano prontas para diálogo


Freiras em conflito com o Vaticano prontas para diálogo
por Leonor Mateus Ferreira com AFP, editada por Patrícia Viegas

ESTADOS UNIDOS
As freiras americanas que estão em conflito com o Vaticano devido à sua postura muito liberal em questões como por exemplo a contracepção, manifestaram ontem a sua vontade de dialogar com a Santa Sé, noticiou a AFP.
"Diálogo aberto e honesto" com o Vaticano mas firme em relação aos seus princípios "que não estão comprometidos" é o que pretende a Conferência de Lideranças de Mulheres Religiosas (LCWR), refere um comunicado, citado pela mesma agência noticiosa de divulgado após o fim de uma conferência de tr~es dias. Cerca de 900 delegados dessa conferência representam 57 mil freiras, 80% das freiras católicas norte americanas.
Os representantes reuniram-se em St.Louis, no Missouri (EUA) numa conferência anual que foi dedicada a essas divergências com o Vaticano. A Congregação para a Doutrina da Fé, dirigida pelo americano William Levada, em Roma, lembrou, entretanto, à LCWR, a sua ausência de apoio aos ensinamentos da Igreja sobre temas como a ordenação de mulheres e a homossexualidade, mas também o seu silêncio em relação ao aborto e eutanásia.
Depois dos três dias de trabalho em declaração a Conferência afirmou que "este é um momento de desafio histórico para a igreja e para a LCWR" e expressou o desejo de continuar a representar as mulheres católicas. O diálogo vai continuar "enquanto for necessário, mas será reconsiderado se a LCWR for forçada a comprometer a integridade da sua missão".
A irmã Pat Farrell, presidente da conferência, afirmou que espera um diálogo aberto e franco que levará a um melhor entendimento entre líderes das igrejas e religiosos e ainda que as vozes dos leigos, especialmente das mulheres, possam ser ouvidas nas igrejas. A LCWR pretende usar as suas próximas reuniões no Vaticano para explicar a sua missão e princípios de acção.
A organização pediu ainda aos seus dirigentes que não permitam que o diálogo com o Vaticano consuma todas as suas energias e os distraiam das suas missões. Foi ainda recordado o papel de "voz da justiça do mundo" que é responsabilidade de todos os religiosos.

Postagens mais visitadas deste blog

Adriano Lima dos Santos

Corpus Christi e Renovação do MESCE