Frade Capuchinho brasileiro é nomeado bispo


FREI JOSÉ GISLON É O NOVO BISPO DE EREXIM

VATICANO - O Santo Padre Bento XVI aceitou a renúncia de Dom Girônimo Zanandréa, ao governo pastoral da diocese de Erexim (Brasil), apresentada em conformidade com cânone 401 § 1 do Código de Direito Canônico.
O Papa nomeou bispo da diocese di Erexim (Brasil) o Rev. Pe. Frei José Gislon, O.F.M. Cap., atual Definidor Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos com sede em Roma.
Frei José Gislon, nasceu em 23 de fevereiro de 1957 em Ibirama, diocese de Rio do Sul, no estado de Santa Catarina. Após os estudos preparatórios, ele prestou o Serviço Militar de maio de 1976 até abril de 1977, no quartel da Polícia do Exército em Brasília.
Em 1978 ingressou no Seminário de Santa Maria dos frades Capuchinhos, em Engenheiro Gutierrez Irati, (PR), onde fez o Postulantado e o Curso Secundário de 1978 a 1980. Cursou a Filosofia em Ponta Grossa, no Instituto de Filosofia da Província do Capuchinha do Paraná, de 1982 a 1983 e fez a Teologia, no Instituto de Teologia de Londrina, de 1983 a 1986. Fez o Bacharelado em Teologia na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. Obteve a Licença em História Eclesiástica, na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma de 1992 a 1995.
Frei José Gislon ingressou no noviciado em 24 de janeiro de 1981, no Convento de Nossa Senhora das Mercês e emitiu a primeira Profissão Religiosa na Ordem dos Frades Menores Capuchinho em 24 de janeiro de 1982. Fez a sua Profissão Solene em 17 de outubro de 1986, em Engenheiro Gutierrez, Irati (PR) e foi ordenado sacerdote em Uraí (PR) no dia de 28 maio de 1988, por Dom Getúlio Teixeira Guimarães.
Frei José Gislon exerceu os encargos:
Diretor da Escola Vocacional Assunção, em Uraí; Coordenador da Pastoral Vocacional e Vigário Paroquial da Paróquia de Uraí, na diocese de Cornélio Procópio, de 1987 a 1992; Guardião, Mestre dos Postulantes e Ecônomo no Convento Santo Antônio em Tamandaré (PR), de 1996 a 1999; Professor de História da Igreja no “Studium Theologicum” na Arquidiocese de Curitiba de 1997 a 2000 e no Centro de Teologia da Arquidiocese de Cascavel de 1998 a 2000; III Definidor Provincial, Ecônomo Provincial e local, da Província Capuchinha do Paraná e Santa Catarina de 2000 a 2002; II Definidor Provincial, Ecônomo Provincial e Secretário da Administração de 2003 a 2005; Guardião e Ecônomo da fraternidade de N; Sra. das Mercês, em Curitiba de 2003 a 2005; Ministro Provincial da Província do Paraná e Santa Catarina, em Curitiba de 2005 a 2006. No Capítulo Geral de 2006 foi eleito Definidor Geral da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos em Roma, função exercida até hoje, quando foi nomeado bispo.


FONTE: http://www.db.ofmcap.org/pls/ofmcap/v3_s2ew_CONSULTAZIONE.mostra_pagina?id_pagina=6669

Postagens mais visitadas deste blog

Adriano Lima dos Santos

Corpus Christi e Renovação do MESCE